“A situação da pandemia no Amazonas ainda é preocupante, devido principalmente a possibilidade de uma terceira onda. Se Manaus vive uma fase de uma aparente retração, o interior do Estado ainda está precisando de uma grande atenção por parte das autoridades”. A fala é do deputado Tony Medeiros (PSD) que deu entrada nesta quarta-feira (31) em um requerimento na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), solicitando ao Governo do Estado que seja instalada em cada município do Amazonas uma usina de oxigênio.

“Mesmo que neste momento não seja possível instalar em todos os municípios, mas precisamos pelo menos de usinas nas principais cidades de cada calha de rio. As ações têm que atingir o Estado todo, não apenas parte”, disse o deputado.

Falando sobre números da Covid-19, Tony Medeiros ressaltou que o Brasil já passou dos 337 mil óbitos e que somente nesta terça feira (30) um novo recorde foi batido com 3.780 pessoas perdendo a vida em um único dia. “Diante desses números e com essa possibilidade da terceira onda, precisamos que o interior seja olhado de maneira diferente e que estejamos preparados se caso isso acontecer. Na primeira e na segunda onda o Amazonas não se preparou. Espero que isso não aconteça com a terceira onda no nosso Estado”, salientou Tony.

Aproveitando ainda o espaço do Pequeno Expediente, Tony Medeiros falou também de um outro requerimento para que o Governo do Estado identifique as famílias que perderam vários membros do mesmo grupo familiar para a Covid-19. Como exemplo, o parlamentar citou algumas famílias da cidade de Parintins.  A família Almada que perdeu nove membros e a família Cruz que perdeu sete membros. “Precisamos confirmar se essas famílias possuem indicativo de pré-disposição para a doença. Se confirmado se faz necessário incluir esses grupos familiares nos grupos prioritários de vacinação”, disse o deputado.

*Fonte e Foto – Aleam

https://www2.tce.am.gov.br/?p=44536